quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Bom Humor.

É engraçado ver o quanto podemos aprender com as crianças, ver que para se viver não existe diferença entre uma curso superior e uma pré-escola e sim quem sabe levar melhor a vida de uma maneira prazerosa e feliz.

E nesse espiríto de pós dia das crianças eu lembrei de um fato que aconteceu no final do ano passado, quando eu estava trabalhando para uma marca de bebidas e ia em mercados abastecer as prateleiras.

- Um menino de uns seis ou sete anos veio perto de mim e ficou vendo o que eu estava fazendo, até aí normal, qualquer criança é curiosa e tem vontade de ver tudo. Só que enquanto eu conversava com esse menino a mãe dele chegou brava falando que ele estava me atrapalhando e começou a dar uns tapas muito forte na cara do menino, e ele ficou só falando que tava me vendo e nada demais. Daí quando a mãe dele saiu ele olhou pra mim e disse sorrindo: Eu apanhei, mas posso continuar aqui né?- Esse menino me fez pensar em várias coisas depois que fui pra casa.

Uma delas foi que como não sabemos levar a vida de bom humor. Como um tapa na cara, mesmo que no sentido figurado, pode ser tão ofensivo para gente. Podemos odiar pelo resto da vida uma pessoa apenas por uma palavra mal dita na hora errada. E além disso, fazemos da vida um inferno devido a falta de humor nela.

Sócrates diz que uma das regras da casa é ter senso de humor, que é a chave por trás de toda ação, e que isso também torna a vida mais fácil. Ter senso de humor não deve ser sair por aí rindo histéricamente mas sim saber lidar com os fatos sem deixar que eles mudam seu bem estar, é fazer da vida uma passagem mais fácil aqui na Terra.

Quando crianças usamos o nosso senso de humor o tempo todo, mesmo se choramos estamos felizes, pois choramos, aproveitamos essa emoção e depois a discartamos, deixando apenas o nosso bom humor. Infelizmente crescer e amadurecer faz deixarmos de lado esse senso de humor pra levar uma vida mais séria, cheia de responsabilidades e estresses, e uma vez esquecido esse humor pode ser difícil resgatá-lo.

É muito fácil responder as ofensas com mais violência do que quando recebemos, mas é muito mais difícil e e muito mais corajoso responde-las de uma maneira diferente, deixando nosso bom humor prevalecer e sobressair sobre qualquer outra emoção.

Não espero por motivos para ser feliz, o sábio é feliz sem motivo algum. Compreenda que sua existência é a única razão para ser feliz.

Deixe seu bom humor levar a sua vida, torne suas ações baseadas no seu senso de humor, pratique isso todos os dias. A vida é muito curta para ser desperdiçada com mau humor e caras fechadas.



"Humor: Mantenha seu senso de humor, especialmente sobre si mesmo. É a força por trás de toda atitude." - Sócrates.

7 comentários:

Niemi Hyyrynen disse...

Sócrates também falava muito da relação felicidade/auto-conhecimento/liberdade.

Só somos felizes, não como satisfação, quando nos conhecemos e desejamos somente aquilo que podemos ter, e este desejo se resume a um estado de não desejar mais, mas de se conviver em harmonia com tudo com o que está em volta, então temos liberdade de escolher aquilo, somente que é cabível escolhermos.

=D

Penny Lane disse...

O que eu mais admiro nas pessoas é o bom humor, a capacidade de sorrir(com verdade) mesmo nos momentos difíceis.
Mau humor só faz com que a vida se torne mais difícil do que já é de fato ;)
"Sorria mais e leve a vida simplesmente..."

Hítalo Souza disse...

Bom humor hoje e sempre é uma coisa que nao pode faltar em ninguem :)

Camilo C. de Andrade disse...

hUHAUHUAHUAUHAHUHUAHU caraca irmão eu caí na gargalhada qdo a ''mãe deu uns tapas mto fortes na cara do menino'' do nada... eu fiquei imaginando a cena e a tua cara! kekekek

Excelente post...

Concordo integralmente,
Na verdade aprendemos muito mais no Jardim e fases básicas da vida, do que na faculdade, que serve só pra dar o canudo mesmo... ehehhe

E com relação a levar a vida na sacanagem... Perfeito!

Não dá pra ser de outra forma... Rancor não tá com nada... Eu também sou meio assim... O ódio faz mais mal pra própria pessoa do que pro alvo dela!

Abraços,
Camilo do V.O ( http://www.veracidadesocultas.blogspot.com )

Camilo C. de Andrade disse...

Ah... lógico que eu tô seguindo teu blog fera!!! =)

Rogerio Martins disse...

HAUHeuhAUE
eu tbm ri na hora q o menino apanhou na cara...;/
ainda bem que eu tenho meu senso de humor, vide: http://gerinworld.blogspot.com/

:D

Sócrates. disse...

Ah sei lá, imaginar a cena de uma criança apanhando é complicado pra se rir... Ali vemos como é um ser predominante se aproveitando da fragilidade de outro.

Sou totalmente contra violencia pra se educar criança.

Ao meus olhos ter humor diante de uma cena dessa é segurar o braço da mãe e mostrar que ela tá errada, que não é com violencia que se resolve e claro fazendo isso de uma maneira educada e não usando da mesma força que ela.